Links de Acesso

Eduardo dos Santos quebrou protocolo e não discursou na abertura do ano legislativo

  • Venâncio Rodrigues

José Eduardo dos Santos, presidente de Angola

José Eduardo dos Santos, presidente de Angola

UNITA E CASA-CE criticam o Presidente e bancada parlamentar da UNITA não o aplaudiu à entrada no parlamento.

O Presidente José Eduardo dos Santos, não discursou por altura da abertura da terceira legislatura angolana conforme manda a Constituição.

Eduardo dos Santos alegou que já havia falado ao país por altura da sua tomada de posse não fazendo sentido repetir o que havia dito no dia 26 de Setembro.

A bancada parlamentar da UNITA não bateu palmas quando o Presidente da República entrou para o hemicírculo em sinal de protesto, segundo o deputado Abílio Camalata Numa.

"Esses argumentos não convenceram, a UNITA abandonou o discurso do Sr. presidente, na sala [do plenário], e portanto vocês viram nas cadeiras as cópias que foram entregues a UNITA. Foi um despreso à constituição, à lei magna. Foi um despreso à todos os angolanos."

O porta-voz da CASA-CE, Lindo Bernardo Tito, disse que os argumentos apresentados pelo Presidente da República não têm razão de ser.

"A nossa constituição é clara, ele deve dirigir-se à nação na Assembleia Nacional, através de uma mensagem. É um imperativo constitucional. O que deixou a entender, que só é lei quando representa o interesse dele. E mais uma vez o juramento que ele fez no dia 26 de Setembro não se cumpriu."

O presidente da Assembleia Nacional, Fernando da Piedade Dias dos Santos, voltou a defender a necessidade de maior diálogo parlamentar no decurso da actual legislatura, cuja primeira sessão plenária acontece esta quarta-feira com a constituição das diferentes comissões de trabalho.

Mostrar Comentários

XS
SM
MD
LG