Links de Acesso

Angola: Oposição condena repressão de manifestações

  • Redacção VOA

Partidos vêm prisões como sinal de ditadura; UNITA vai pedir explicações no parlamento

A oposição política angolana considera que a repressão da recente manifestação de jovens em Luanda é reveladora de que o país vive um regime ditatorial.




O vice-presidente da CASA-CE, Lindo Bernardo Tito disse não haver dúvidas quanto a isso.

“ Se havia dúvidas em algumas pessoas de que este é um regime ditatorial agora ficou tudo provado com esta última atitude brutal da Polícia Nacional”, disse.

Para o porta-voz da UNITA, Alcides Sakala a atitude do governo contra os princípios consagrados na Constituição põem em perigo a própria reconciliação Nacional. Sakkala disse que o seu partido vai na próxima sessão legislativa exigir explicações do governo sobre o assunto.

“Isto reflecte o comportamento dos sistemas ditatoriais que vamos assistindo um pouco em África”, declarou.

Por seu turno o membro da direcção do Bloco democrático Carlos Pestana, Bonavena criticou o governo por ter mais uma vez escolhido um membro da organização como alvo da repressão por parte do que chamou de “milícia armada”.

“Não é primeira vez que dirigentes do Bloco Democráticos são alvos da repressão do regime e quem actuou não foi a polícia mas milícias armadas”, lembrou.

Mostrar Comentários

XS
SM
MD
LG