Links de Acesso

"Angola no Conselho de Segurança da ONU abre novos horizontes", dizem analistas

  • Arão Ndipa

O mandato de Angola deve ser assumido a partir de 1 de Janeiro em substituição do Ruanda.

Angola foi eleita, a 16 de Outubro, membro não-permanente do Conselho de Segurança das Nações Unidas, com 190 votos em 193 votantes.Angola vai assim integrar o órgão decisório da ONU nos próximos dois anos.

A eleição de Angola estava praticamente garantida por ter sido endossada pelo grupo africano.

O mandato de Angola deve ser assumido a partir de 1 de Janeiro em substituição do Ruanda.

Angola esteve anteriormente no Conselho de Segurança da ONU em 2003 e 2004.

Analistas e relações internacionais consideram que a eleição de Angola
para membro não-permanente do Conselho de Segurança das Nações Unidas,para além de representar grandes desafios e responsabilidades para o pais, vai igualmente oferecer oportunidades para os quadros nacionais
se afirmarem ao nível do concerto nas nações.

Para nos falar sobre oassunto, ouvimos o ministro das Relações Exteriores, George Rebelo Chicoty e Pedro Santareno, analista de política internacional.

XS
SM
MD
LG