Links de Acesso

Angola não confirma novos casos de febre amarela

  • Redacção VOA

Vacinação contra a febre amarela

Vacinação contra a febre amarela

Médicos dizem que o país continua vulnerável.

Há mais de dois meses que Angola não confirma oficialmente novos casos de febre-amarela, mas os médicos dizem que é necessário continuar com a vacinação.

O país continua vulnerável, dizem.

Maurílio Luyele, especialista em saúde pública, diz que a actual campanha de vacinação, as medidas preventivas tomadas pelas autoridades e ainda a baixa sazonal do mosquito causador da doença terão permitido algum controlo da doença.

Contudo, sublinha, “é muito cedo para se declarar que o país está absolutamente livre da febre amarela”.

Segundo a Organização Mundial da Saúde (OMS) haviam 4.065 casos suspeitos desde o início da epidemia, em Dezembro de 2015. O último caso de febre amarela em Angola foi confirmado a 23 de Junho.

Na última semana de Agosto houve o registo de 24 casos suspeitos, não confirmados, indica um relatório da OMS.

A OMS apoia as autoridades angolanas na contenção da epidemia, que fez mais de 300 mortes.

XS
SM
MD
LG