Links de Acesso

Sarampo e tuberculose matam no sul de Angola

  • Teodoro Albano

Serra da Leba, Huila

Serra da Leba, Huila

Doenças evitáveis como o sarampo e a tuberculose estão a ceifar vidas na região sul de Angola e o quadro está a tirar o sono da Organização Mundial da Saúde, OMS.

Doenças evitáveis como o sarampo e a tuberculose estão a ceifar vidas na região sul de Angola e o quadro está a tirar o sono da Organização Mundial da Saúde, OMS.

De acordo com o representante da agência da ONU especializada em saúde na zona sul, Caetano Gomes, o tétano nas mulheres grávidas é outra realidade que está a matar e que preocupa a OMS;

“ Ainda continuamos a assistir crianças a padecerem porque não foram vacinadas contra o sarampo, crianças a padecerem porque foram contagiadas por uma tuberculose que pode ser evitada pela vacina mulheres em idade fértil ou em serviço de parto falecerem quando existe uma vacina contra o tétano. Todas essas doenças que podem ser preveníveis para nós são preocupantes”.

O homem forte da OMS na região, saudou por outro lado, os esforços das autoridades no programa de erradicação da poliomielite, que a há muito não regista um caso se quer;

“ A situação epidemiológica é estável num momento em que as províncias da região sul quando me refiro a própria Huíla, Namibe e Cunene não se assiste a notificação de casos referentes a poliomielite que é uma das patologia em que estão em vias de erradicação a nível mundial e que é um compromisso tanto para nós como parceiro e o próprio governo”.

São quatro as estratégias que constituem os pilares de erradicação da poliomielite em todo o mundo nomeadamente a vacinação de rotina, as campanhas suplementares, a vigilância epidemiológica e as campanhas de tratamento de água e lavagem das mãos.
XS
SM
MD
LG