Links de Acesso

Associação dos Kuduristas do Sambizanga luta contra criminalidade

  • Pedro Dias

À esquerda o "Imperador do Amor", à direita 2K (Two K).

Para que os níveis de criminalidade possam diminuir no seio dos músicos kuduristas, a Associação dos Kuduristas do Sambizanga tem promovido a formação técnica de 56 artistas nas áreas de informática, secretariado-geral, técnico de frio, canalização entre outros cursos. A formação decorre há três meses no Centro de Formação Profissional Avelino dos Santos no Distrito do Sambizanga.

“Pretende-se ocupar os kuduristas dando formação técnica para que seja uma mais-valia no dia-a-dia. De forma para que vivam não só da música mas de alguma profissão”, explica considera Ezequiel Lucas Domingos, conhecido por “Imperador do Amor”, porta-voz da Associação dos Kuduristas do Sambizanga.

Sabe-se que o Sambizanga é um dos bairros mais conflituosos do ponto de vista da criminalidade em Luanda, há informações do envolvimento de alguns kuduristas em grupos de delinquência, na prática de roubos, violações e homicídios.

“Queremos ocupar os kuduristas para que se sintam desencorajados a condutas sociais indecorosas. Com uma formação profissional, os kuduristas estarão ocupados a trabalhar longe de qualquer acção criminosa”, desabafa o Imperador do Amor.

A Associação dos kuduristas do Sambizanga promete continuar a dar formação há todos cantores sejam eles do distrito ou não despertem interesse em receber uma formação técnico-profissional.

XS
SM
MD
LG