Links de Acesso

Angola: Jornalistas autorizados a deixarem o país

  • Redacção VOA

 jornalista José Gama

jornalista José Gama

Governo muda novamente de posição na sua investigação a jornalistas do Club K

As autoridades angolanas mudaram novamente de posição e autorizaram dois jornalistas a deixarem o país.

Os dois estão a ser alvo de investigações por parte da procuradoria e anteriormente tinham já sido proíbidos de deixar o país. A proibição foi levantada para depois ser novamente aplicada.

Agora foi novamente levantada.



O advogado do processo, David Mendes disse que conseguiu convencer a Procuradoria Geral da República (PGR ) de que a acusação que pesa sobre os dois profissionais não os impede de sair do país.

Com base neste nova decisão judicial, José Gama já se encontra em Lisboa desde este fim-de-semana e Lucas Pedro deverá fazê-lo nos próximos dias.

David Mendes disse que os dois colaboradores do portal Club-k estarão disponíveis para novas notificação, sobre o processo de investigação em curso na PGR, independentemente do país onde se encontrem.

“Se houver alguma necessidade de vierem para Angola, nós entraremos em contacto com eles”, disse.

Lucas Pedro e José Gama estão a ser investigados pela PGR com base numa queixa apresentada pelo Procurador Geral da República, João Maria de Sousa e por outras entidades angolanas que os acusam de ter terem praticado crimes de difamação e calúnia e de abusa da liberdade de imprensa .

As queixas têm a ver com matérias jornalistas publicadas no Club-k , muitas delas retomadas de outras publicações nacionais e estrangeiras.

Mostrar Comentários

XS
SM
MD
LG