Links de Acesso

Angola: Governo investe milhões no abastecimento de água a Malanje

  • Isaías Soares

 Rio Kuije Malanje

Rio Kuije Malanje

Quase 500 mil pessoas vão beneficar

O Governo angolano investiu quase 97 milhões de dólares americanos em obras de construção de sistemas de abastecimento de água em sete sedes municipais na província de Malanje.

O projecto, sob orientação do Ministério da Energia e Águas, prevê beneficiar a partir do próximo ano 448.877 habitantes das capitais dos municípios de Malanje, Marimba, Cangandala, Caculama, Quela, Kiwaba-Nzoji e Massango.

As empresas chinesas CPP e Sinomach foram as seleccionadas para executar as obras, dentro dos acordos que trouxeram a Angola uma linha de financiamento da China.

O município de Malanje, com perto de um milhão de habitantes, poderá ver elevada a capacidade de produção de água a partir do rio Kuije, de 500 a 717 metros cúbicos de água/hora, com uma rede de 75 quilómetros e cera de oito mil ligações domiciliares.

secretário de estado das águas Luís Filipe da Silva

secretário de estado das águas Luís Filipe da Silva

Durante uma semana em Malanje, o secretário de Estado das Águas, Luís Filipe da Silva, reafirmou a importância do programa para as populações urbanas e rurais.

Em Malanj,e faltam “oito municípios que também estão na nossa agenda, alguns deles já têm obras adjudicadas com todas as condições para arrancar de imediato, por exemplo Cacuso e Calandula, e há outras que têm também obras em bastante fase do processo administrativo”, confirmou.

As populações do bairro Carreira de Tiro, a norte desta cidade enfrentam enormes dificuldades, chegado a consumir água imprópria.

A autoridade tradicional João Zumbuca Ribeiro admitiu que o programa do Governo central poderá minimizar parte dos problemas.

“Acredito que esta é sem dúvida um dos projectos que vai ajudar a mudar, pelo menos a melhorar substancialmente as condições de vida da população de Malanje”, reconheceu Ribeiro.

XS
SM
MD
LG