Links de Acesso

Vacinação contra a febre amarela vai custar a Angola 30 milhões de dólares


Custo total está avaliado entre 60 e 70 milhões de dólares.

A campanha de vacinação contra a febre amarela em Angola vai custar entre 60 e 70 milhões de dólares, disse no Lubango o representante do Programa das Nações Unidas para o Desenvolvimento em Angola (PNUD), Paolo Balladeli.

“No total são quase 20 milhões de dólares só para a campanha da febre amarela, para evitar o alastramento doença em Angola, mas depois há custos de logística, de vigilância e outros custos”, explicou Balladeli.

O representante do PNUD em Angola anunciou que do valor anunciado o Governo angolano deve entrar com cerca de 30 milhões de dólares e o restante ficará a cargo das Nações Unidas e demais organizações doadoras.

A epidemia de febre amarela em Angola já matou pelo menos 325 pessoas nos últimos seis meses.

O mais recente balanço da OMS datado de 1 de Junho aponta ainda para 2.893 casos suspeitos e 788 confirmados em laboratório em 16 das 18 províncias do país.

As próximas campanhas de vacinação contra a febre amarela devem chegar às províncias do Cuando Cubango, Lunda Norte, Kwanza Sul e Cabinda, anunciou Paolo Balladeli.

Na Huíla, a campanha de vacinação abrangeu apenas os municípios de Quipungo e Caconda, tidos como prioritários pelas autoridades sanitárias locais.

Mostrar Comentários

XS
SM
MD
LG