Links de Acesso

Angola Fala Só - "Há tempo de servir e tempo de sair", diz ouvinte

  • Redacção VOA

Microfone Aberto

Microfone Aberto

Ouvintes abordam saída de José Eduardo dos Santos.

A esmagadora maioria dos ouvintes do programa “Angola Fala Só” considerou nesta sexta-feira, 2, que José Eduardo dos Santos deveria abandonar o poder.

O programa em formato “microfone aberto” aos ouvintes da VOA teve como objectivo discutir a reunião do Comité Central do MPLA que, segundo notícias, iria discutir a possível saída de Santos da Presidência do país após as eleições de 2017 mesmo no caso do MPLA vencer as eleições.

O programa foi para o ar antes de a Rádio Nacional de Angola ter anunciado que o cabeça-de-lista a essas eleições será o actual ministro da Defesa João Lourenço.

Alguns ouvintes, como Júnior Monteiro, manifestaram dúvidas sobre a possível saída do presidente.

“Já estamos habituados às fintas do MPLA”, disse, acrescentando, no entanto, que “deve deixar o poder”.

“José Eduardo dos Santos está no poder há 37 anos e o MPLA há 40 anos”, reiterou,afirmando que os interesses de Angola sevem sobrepor-se aos interesses pessoais e de um partido.

Daniel Liauka, do Huambo, afirmou ter chegado a altura do Presidente “descansar”, mas manifestou também algum cepticismo sobre a possível saída do poder de José Eduardo dos Santos afirmando que pode acontecer que “ele sai pela porta da frente e entra pela porta de tras”.

Já Luati Maturi de Malanje considerou que o Presidente da República deveria “reflectir” sobre a nomeação de João Lourenço como tem sido sido especulado.

Para Maturi, a melhor solução é escolher um candidato à Presidência “acima de todos os partidos, seguido de consultas entre eles e a sociedade civil".

Por seu lado, o ouvinte Augusto Kambinda disse que a saída de José Eduardo dos Santos terá o feito de abir a democracia "dentro do MPLA", opinião compartilhada por outros ouvintes.

Contudo ,o ouvinte Vasco (que deu apenas o seu primeiro nome) e que telefonou da Lunda Norte defendeu o Presidente José Eduardo dos Santos como “defensor da paz em Angola” e criticou aqueles que constantemente se queixam da falta de empregos e de apoio.

Para Vasco os desempregados nas zonas urbanas devem procurar na agricultura a solução para os seus problemas e destacou a reconstrução de infraestruturas feita sob a presidência de José Eduardo dos Santos.

"É muito mais fácil destruir do que construír", sublinhou.

Mas Bento Cinco, ouvinte da Huíla, afirmou que qualquer que seja a opinião sobre Santos chegou a altura deste deixar o poder.

“Somos homens e para todos há tempo para servir e tempo para deixar de servir”, concluiu.

XS
SM
MD
LG