Links de Acesso

Angola Fala Só: Bilhete de Identidade de Manuel Vieira


Manuel Vieira Radio Ecclesia

Manuel Vieira Radio Ecclesia

Manuel Vieira, editor-chefe da Rádio Ecclésia, considera que ser jornalista em Angola não é fácil e é o convidado do Angola Fala Só.

Manuel Vieira é jornalista e uma das vozes mais conhecidas da Rádio Ecclésia, em Angola. Esta Sexta-feira, 16 de Janeiro, responde às perguntas dos ouvintes do Angola Fala Só, especialmente no que toca à liberdade de Imprensa, posição da Rádio Ecclésia e pressão política nos Media. Começou na Rádio Huíla, passou pela Rádio 2000 na cidade do Lubango e entre as várias colaborações que já fez trabalha para a Rádio Ecclésia, onde é editor-chefe. A paixão pela rádio vem da paixão de comunicar, de saber que tem um contributo para dar ao seu país.

Nome: Manuel Pedro Vieira

Data de Nascimento: 11 Fevereiro 1979

Local de Nascimento: Caconda - Huíla

Estado civil: Casado

Filhos: 2

Profissão: Jornalista

Destino em Angola: Lubango e Caconda

Lema de vida: "A sorte protege os audazes"

Curiosidades: Na alimentação privilegia salada e grelhados

Hobbies: Leitura, Investigação e música

Está a ler: "Predadores" de Pepetela, pela segunda vez

Música: Soul, R&B e AfroJazz

A Rádio Ecclésia: É um veículo alternativo a outros órgãos. Se fosse um partido seria de uma ideologia centro-cristã, mas que também tem uma tendência generalista, com uma vertente cívica bastante importante, conseguindo passar a mensagem de uma forma ecuménica para os jovens de todas as crenças

Detenções: Não foi de facto detido, mas tem dois episódios que o marcaram
Em 1999 foi raptado por questõe sprofissionais e ficou duas semanas internado por sido brutalmente espancado
Em 2002 foi-lhe instaurado um processo por ter divulgado declarações do General Furtado sobre mortes na Huíla.

Prémios: Recebeu dois prémios no Lubango de Jornalismo Radiofónico; em 2009 recebeu o Prémio Maboque de Jornalismo para "Locutor do Ano"; finalista do Prémio Nacional de Jornalismo de 2004

Onde estava 11 de Novembro de 1975?
Se fosse nascido gostaria de ter estado no centro dos acontecimentos e narrá-los para uma rádio.
Os pais contam:
Havia apreensão por causa da situação dos movimentos de libertação e eles ficaram em casa a ouvir pela rádio; a euforia não os contagiou, por causa do medo. Eles estavam em Caconda e havia escaramuças entre MPLA e UNITA

Blog: Serra da Chela

XS
SM
MD
LG