Links de Acesso

Angola Fala Só: Bilhete de Identidade de Arlete Sangumba


Arlete Sangumba CASA CE - Angola

Arlete Sangumba CASA CE - Angola

No mês da mulher o Angola Fala Só contou com quatro mulheres, fechando nesta Sexta-feira, com Arlete Sangumba, membro da Comissão Deliberativa da CASA-CE. Formada na área de saúde, é também professora e integrou o partido no ano da sua criação, 2012. Para a convidada, a luta da mulher angolana pelos seus direitos ainda agora começou.

Nome: Arlete Rosalina Gomes Isaac Sagumba

Data de Nascimento: 3 Agosto 1954

Local de Nascimento: Tando-Zinze, Cabinda

Estado civil: Solteira

Filhos: 4

Profissão: Técnica de análises clínicas; professora de saúde

Formação: Curso médio de análises clínicas

Destino em Angola: Lubango - clima, cidade limpa

Lema de vida: Não desmoronar, não desmoralizar, não desistir quando se quer atingir um objectivo

Curiosidades: Tem um ritual - todas as noites e manhãs ora e agradece a Deus por orientação e saúde para continuar a lutar pelos objectivos; não usa redes sociais e só se comunica por telefone

Hobbies: leitura, culinária, brincar com os netos, ver televisão

Último livro que leu: "O Poder da Mulher que Ora"

Música: Paulo Flores, Roberto Carlos

O papel da mulher na sociedade... "no mundo a mulher já conseguiu algumas conquistas, ainda não se chegou ao patamar que se pretende, mas tenho a certeza que iremos lá chegar. Em Angola, a nossa luta ainda agora começou, ainda não atingiu a maturidade, mas tenho fé nas mulheres mais novas que eu, para que no futuro haja mais saúde, mais e melhor educação; e a mulher rural ainda tem mais dificuldades, por isso desejo que também ela consiga lutar e dar educação e dignificar os seus filhos".

Onde estava 11 de Novembro de 1975?
"Estava na cidade do Huambo, porque o meu pai tinha sido transferido para lá devido à sua profissão. Mas naquele momento sentia-se a esperança na independência, de vermos Angola a progredir, mas foi algo muito breve porque rapidamente a guerra civil começou".

XS
SM
MD
LG