Links de Acesso

Angola Fala Só: Bilhete de Identidade "Libertador" Alexandre Dias dos Santos


Libertador Alexandre Dias dos Santos, Secretário Executivo Provincial CASA-CE em Luanda. Angola

Libertador Alexandre Dias dos Santos, Secretário Executivo Provincial CASA-CE em Luanda. Angola

Alexandre Dias dos Santos, Secretário Executivo Provincial da CASA-CE em Luanda, defende que José Eduardo dos Santos deve seguir o exemplo de Mandela e que Angola tem uma democracia do "cafrique"

Alexandre Dias dos Santos, é o Libertador. Pelo menos é assim que é conhecido em Luanda desde 2003, quando ajudava pessoas no Sambizanga, através da Associação Juventude do Sambizanga. Esta Sexta-feira, 14 de Novembro, do Angola Fala Só. Na UNITA aprendeu muito do que sabe hoje, mas é na CASA-CE onde se revê e tem em Vicente Pinto de Andrade e Abel Chivukuvuku as suas referências políticas. Filho de um músico e de uma família de políticos, defende que José Eduardo dos Santos é o maior "empecilho" para a democracia em Angola, porque acredita que no MPLA há pessoas que pensam de forma diferente da do Presidente de Angola.

Publicou em Julho deste ano o "O Livro da Minha Vida".

Nome: Alexandre Dias dos Santos - "Libertador"

Profissão: Professor Ensino Primário; Estudante Universitário de Relações Internacionais e Secretário Executivo Provincial da CASA-CE

Data de Nascimento: 12 de Agosto 1979

Local de Nascimento: Sambizanga - Luanda

Estado civil: Solteiro

Destino em Angola: Luanda - pela coragem revolucionária de vários jovens dos musseques

Lema de vida: Viver e acreditar num país melhor, mas acreditar lutando.

Curiosidades: É frontal e não deixa para amanhã o que pode resolver hoje. No que toca à alimentação gosta de arroz com feijão e do mufete de Caxito.

Hobbies: Leitura e escrita.

Últimos livros que leu: "Se Obama fosse africano" e "Purga em Angola"

Música: Apreciador de música angolana dos anos '60: David Zé, Urbano de Castro.

Detenções: Foi detido a 13 de Setembro de 2011 aquando da manifestação contra o regime governamental e foi condenado a três meses de prisão, embora tenha cumprido 46 dias, sempre saltando de prisão em prisão. Terminou a sua pena na prisão da Cabocha no Bengo e diz que do início ao fim esteve sempre em condições sub-humanas.

A causa que defende: A verdadeira democracia do país. Considera que Angola tem uma democracia do "cafrique". Acredita que a democracia chegará quando José Eduardo dos Santos seguir o exemplo de Nelson Mandela e afastar-se da vida política activa, pois na sua opinião o MPLA tem elementos que não pensam como o seu presidente.

Libertador econhece que as manifestações têm resultado em pequenas mudanças. Criou a Associação da Juventude do Sambizanga em 2003 e em 2006 afiliou-se à UNITA, onde teve vários cargos a nível provincial.
Em 2012 saiu da UNITA por apoiar a candidatura de Chivukuvuku a presidente do partido. Nesse mesmo ano foi Secretário da CASA-CE pelo município do Sambizanga e Cazenga, em 2013 foi Sec. Provincial Adjunto da CASA-CE e a 8 de Novembro de 2014 foi nomeado Secretário Executivo Provincial do partido.

Referências Políticas: Vicente Pinto de Andrade e Abel Chivukuvuku.

Onde estava no 11 de Novembro de 1975:
Ainda não era nascido mas gostava de estar ao lado de um partido sério da oposição em Angola, a lutar pela democratização do país.

Facebook: Libertador Alexandre dos Santos

XS
SM
MD
LG