Links de Acesso

Angola Fala Só: Bilhete de Identidade Ermelinda Freitas


Angola Ermelinda Freitas Activista

Angola Ermelinda Freitas Activista

"Os angolanos têm que ter direitos iguais, esse é o meu objectivo na vida".

Esta sexta-feira, 14, a conversa no "Angola fala Só" é com Ermelinda Freitas, activista cívica e política. É porta-voz do Secretariado da Justiça e Direitos Humanos da Unita e diz que o seu activismo nasceu quando foi detida e açoitada, durante o envolvimento nas manifestações de 2011. "A tia de todos" ganha a vida a fazer bolos e socorre sempre que pode.

Nome: Ermelinda da Conceição Freitas
Profissão: Cozinheira/ Pasteleira/ Florista

Estado Civil: Casada
Filhos: Quatro, nove netos, um bisneto

Data de nascimento: 1 de Agosto 1953
Signo: Leão
Local de nascimento: Caluteva-Catata no Huambo

Destino em Angola: Huambo porque é a cidade onde nasceu e considera ser uma das cidades mais lindas e hoje está reabilitada.

Frase: Eu escrevo na areia o que faço pelos outros e gravo numa rocha o que fazem por mim.

Curiosidades: Faz bolos mas não é fã de doces.

Fobias: Foge de camaleões.

Detenções: Foi presa em 2011 aquando das manifestações no 3 de Setembro.

Prémios: "Nunca concorri a nada, nunca faço nada para ganhar protagonismo".

Onde estava no 11 de Novembro de 1975?
Estava em Portugal. Antes de chegar a Portugal estava em campos de concentração na Namíbia porque fui expulsa do meu país por ser branca e tinha que ir para a terra do meu avô. Fomos para um país que não me dizia nada.
O meu sentimento foi de satisfação e de alegria porque finalmente podia voltar para o meu país livre.
Mas hoje vejo que não foi nada disso porque não estamos independentes porque continuamos a ser colonizados.
XS
SM
MD
LG