Links de Acesso

Angola Fala Só: Bilhete de Identidade David Mendes


Angola, David Mendes, advogado

Angola, David Mendes, advogado

Na semana da legalidade e em que se discutem direitos humanos em Angola, o "advogado dos pobres" vem ao Angola Fala Só

Esta Sexta-feira, 25 de Abril, dia em que se comemoram os 40 anos do 25 de Abril, uma data igualmente importante para os países africanos de expressão portuguesa, o "Angola Fala Só" traz David Mendes à conversa.

O advogado e director de litigação da Associação Mãos Livres que já foi galardoado com o Prémio Martin Luther King dos Direitos Humanos e processou o Estado angolano por danos morais.

Na semana da legalidade e em que se discutem direitos humanos em Angola, o também conhecido por "advogado dos pobres" vai responder às questões dos ouvintes.

Nome: Manuel David Mendes
Profissão: Advogado

Data de Nascimento: 6 de Maio de 1962
Signo: Touro

Estado Civil: Casado
Filhos: 5 meninas, 2 meninos

Local de Nascimento: Cazenga - Luanda

Destino em Angola: Lubango - por ser uma cidade calma, com bons restaurantes, boa acomodação e preços abaixo da média.

Frase: "Antes morrer de pé do que viver de joelhos", José Marti

Curiosidades: Sempre que viaja faz-se acompanhar de um livro de teatro (de preferência). Isto porque formou-se também em direcção teatral. fez dramaturgia e foi actor de teatro. Paixão que transporta consigo.

Prémios: Foi galardoado com o Prémio Martin Luther King dos Direitos Humanos pela Embaixada dos Estados Unidos da América em Angola, como reconhecimento do seu trabalho em defesa dos direitos humanos no país.

Detenções: Regista duas detenções na sua vida.
Apesar de não ter presentes as datas, recorda-se bem dos motivos. A primeira vez foi em Luanda, porque estava a distribuir panfletos políticos e a segunda vez pelos mesmos motivos, mas a caminho do Uíge.

Onde estava no 11 de Novembro de 1975?
Estava em Luanda, no Cazenga, com algumas pessoas da minha idade. Na altura tinha 13 anos. O meu bairro era tido como o "Congo Pequeno". Para nós aquele momento significava liberdade, porque achávamos que o Patrice Lumumba nos vinha libertar, assim como fez com o Congo Brazzaville.

Na Internet: Facebook
XS
SM
MD
LG