Links de Acesso

Angola: "Estrutura social de altíssimo risco" pode gerar instabilidade


Lagoa do bairro do Ritondo (Malanje) também é lixeira.

Lagoa do bairro do Ritondo (Malanje) também é lixeira.

Abel Chivukuvuku, da UNITA, adverte que lideres devem assumir necessidade de transformação do país.

7 Fev 2011 - Os países africanos, incluindo Angola, correm o risco de instabilidade igual à que atingiu o Egipto e a Tunísia, se os seus líderes não souberem ler os sinais de alarme.

Numa entrevista à VOA, Abel Chivukuvuko, da UNITA, disse que o seu país e o Egipto partilham problemas comuns, como a pobreza, o desemprego, o autoritarismo, a falsa democracia, o nepotismo e sequestro das fontes de riqueza pelos amigos e familiares dos governantes.

Chivukuvuko adverte que Angola tem uma estrutura social de "altíssimo risco" e não deveria ser necessário um movimento contestário como os do Egipto e da Tunísia, para as lideranças assumirem a necessidade de transformação do país.

Alerta que as aspirações dos povos são as mesmas, seja qual for a região do Mundo, há sempre o risco de agitação social, se essas aspirações não se puderem concretizar.

Clique na sobre o texto desta noíticia para ouvir Abel Chivukuvuku.

XS
SM
MD
LG