Links de Acesso

Huíla: FUMA apresenta programa eleitoral

  • Teodoro Albano

Senhora do Monte, Lubango (Angola)

Senhora do Monte, Lubango (Angola)

A escolaridade obrigatória até à nona classe, a formação profissional dos jovens para o emprego e a mecanização da agricultura são alguns pontos focados por aquele partido.

O vice-presidente da coligação Frente Unida para a Mudança de Angola, FUMA, explicou na Huíla aos militantes e simpatizantes as linhas de força da sua candidatura as eleições de 31 de Agosto.


A escolaridade obrigatória até à nona classe, a formação profissional dos jovens para o emprego e a mecanização da agricultura são alguns pontos focados por João Baptista Watakala na visita de campanha a Huíla onde inaugurou a sede da coligação.
Para uma região potencialmente forte na criação do gado, a FUMA, pensa na criação de bebedouros para animais: “ Vamos meter uma cisterna de água que despeje água para o gado, não queremos ver o gado beber água com as pessoas na mesma fonte, isso cria doenças.”
Enquanto isso, a Comissão Provincial Eleitoral da Huíla, fez saber que se vão compondo as condições logísticas para a realização das eleições a 31 de Agosto.
Longa Paquete é o porta-voz da CPE na Huíla: “ Já temos a nível da província e em cada uma das comissões municipais eleitorais, as cabines as urnas, recentemente também acabamos por receber vários formulários como actas das operações que vão ser utilizadas a nível das mesas de assembleias de voto, a acta síntese das actas de cada uma das mesas, também recebemos os formulários sobre credenciais quer para jornalistas nacionais quer para jornalistas internacionais, recebemos modelos para credenciar observadores nacionais e internacionais”.
Longa Paquete vincou entretanto que o credenciamento de observadores internacionais é da competência exclusiva da Comissão Nacional Eleitoral.
A Voz da América sabe que para tomar contacto com a realidade local esteve por dois dias a trabalhar no Lubango no quadro da observação dos Estados Unidos, às eleições angolanas a observadora Starynee Adams, indigitada para acompanhar a partir de 28 de Agosto o processo eleitoral na Huíla.
XS
SM
MD
LG