Links de Acesso

Angola é o país africano mais afectado pela crise do petróleo


Foto de Arquivo

Foto de Arquivo

A revelação é da agência financeira Moody´s.

Angola foi o país africano mais afectado pela queda do petróleo, revelou a vice-presidente da agência financeira Moody's para o crédito soberano, numa conferência de imprensa em Londres nesta terça-feira, 9.

Segundo Rita Babihuga, esta queda piorou as contas públicas e tornou ainda mais problemática a sustentabilidade da dívida mais problemática.

Em resposta, explicou, Angola optou por suprir a quebra de receitas com um aumento do endividamento externo, "o que torna cada vez mais problemática a questão da sustentabilidade da dívida" em relação ao Produto Interno Bruto, que se aproxima dos 40 por cento.

Entretanto, segundo o vice-presidente da mesma agência para a área do crédito soberano africano Matt Robinson, o recurso aos mercados internacionais traz outras vantagens para os países: "é mais barato relativamente ao preço dos empréstimos internos, potencia uma padronização para o resto da economia, aumento o escrutínio e a visibilidade internacionais".

Mostrar Comentários

XS
SM
MD
LG