Links de Acesso

Organizações não governamentais duvidam de imparcialidade no julgamento de activistas

  • Redacção VOA

Activistas no julgamento

Activistas no julgamento

Membros de organizações não governamentais manifestaram dúvidas quando à capacidade do tribunal em Benfica julgar com imparcialidade os activistas alegadamente envolvidos numa tentativa de derrube do governo.

Filomena Vieira Lopes, do Grupo de Apoio aos Presos Políticos Angolanos, disse que o processo está cheio de vícios.

Por seu turno, Francisco Tunga Alberto, da Liga dos Direitos Humanos de Angola, prefere ver para crer, a julgar pela politização à volta do caso.

Os dois entrevistados defendem que os acusados deverão ser julgados como presos políticos e não como simples arruaceiros.

Mostrar Comentários

XS
SM
MD
LG