Links de Acesso

Kinshasa pede apoio a Luanda para neutralizar rebelião congolesa

  • Arão Ndipa

Rebeldes do M23

Rebeldes do M23

Governo angolano preocupado com desdita militar do seu aliado Joseph Kabila

O governo angolano condenou, com veemência a escalada da guerra que se instalou na República Democrática do Congo entre as tropas governamentais e o grupo rebelde o M 23. Este ultimo tem vindo a ganhar terreno no campo de batalha.

O comunicado das autoridades angolanas surgiu depois de um enviado especial do presidente Joseph Kabila ter-se avistado, em audiência na Cidade Alta, com o presidente angolano, José Eduardo dos Santos, onde solicitou o apoio político e diplomático para neutralizar a rebelião.

A situação de instabilidade na região leste do vizinho Congo Democrático está a ser acompanhada pelas autoridades angolanas com muita atenção e alguma contenção sobretudo em relação a uma eventual vaga de refugiados ao sul, junto da fronteira comum.

Outra preocupação já manifestada pelas autoridades angolanas tem a ver com a problemática da imigração ilegal cujo ponto de origem tem sido a República Democrática do Congo.

Para nos falar sobre o assunto, ouvimos os especialistas em relações internacionais, Valentino Calei e Bernardino Neto.

Ouça-os neste link:

Mostrar Comentários

XS
SM
MD
LG