Links de Acesso

Dos Santos acusa oposição de "promover a confusão e estragar"

  • António Capalandanda

José Eduardo dos Santos num comício de campanha em Benguela (TPA)

José Eduardo dos Santos num comício de campanha em Benguela (TPA)

Presidente diz que só o MPLA pode construir o país

O Presidente angolano, José Eduardo dos Santos, passou a manhã de Terça-feira, dia em que fez 70 anos, em inaugurações, com destaque para a nova marginal da baía de Luanda.

A obra, orçada em 300 milhões de euros, foi assumida pela banca privada angolana, liderada pelo Banco Atlântico e integra 147 mil metros quadrados de espaços pedonais, três parques infantis, oito espaços para a prática de vários desportos, cinco áreas para iniciativas culturais e 10 novas praças ao longo do passeio marítimo.

Eduardo dos Santos e outros destacados funcionários do governo angolano têm estado envolvidos numa onda de inaugurações que antecedem as eleições de Sexta-feira.

Antes das inaugurações em Luanda Eduardo dos Santos esteve em Benguela onde acusou a oposição de promover a confusão e estragar.



O plano do seu partido, pelo contrário, é construir e construir uma Angola cada vez mais justa e feliz para todos, disse

O político que falava durante um comício eleitoral ocorrido Segunda-feira, na cidade do Lobito, disse que, o MPLA está a contar com os benguelenses, em particular, e com todos os angolanos em geral, para no próximo mandato fazer Angola crescer mais e distribuir melhor.

“A oposição fala, critica, ameaça, mas quem constrói o país e trabalha para o bem-estar dos angolanos é o governo do MPLA,” disse o presidente angolano

Eduardo dos Santos disse estar confiante na vitória do seu partido nas eleições de 31 de Agosto e prometeu aumentar os níveis de produção e distribuição de energia eléctrica e água potável, logo no início do seu mandato.

“Sei que todos os militantes, simpatizantes e amigos do MPLA estão preparados para a votação, mas a oposição diz que também está mobilizada e que vai conquistar a maioria dos votos. Será que vão mesmo conseguir isso? Com certeza que não” disse dos Santos.

Referiu que, o governo do MPLA vai aprovar o Plano Estratégico da Água, definindo os seus diversos usos. Na base desse plano, segundo Eduardo dos Santos, vão ser programados os investimentos estruturantes, para produzir mais água potável e distribui-la melhor a toda a população.

Mostrar Comentários

XS
SM
MD
LG