Links de Acesso

Angola rejeita relatório dos EUA sobre direitos humanos

  • João Santa Rita

António Bento Bembe. Angola

António Bento Bembe. Angola

Bento Bembe diz que Estados Enidos não têm direito de ditar normas e que as acusações são "discursos antigos".

O secretário de Estado angolano para os Direitos Humanos, António Bento Bembe, rejeitou nesta quinta-feira, 14, o relatório do Departamento de Estado americano sobre os diretos humanos em Angola e colocou em causa o direito dos Estados Unidos a elaborarem tal documento.

“Os Estados Unidos aceitariam que nós fóssemos fazer lá a verificação do respeito das convenções internacionais de direitos humanos pelos Estados Unidos?”, interrogou Bento Bembe, para quem as relações entre Estados “não são relações sujeito-objecto”.

“Dois Estados soberanos têm uma relação sujeito-sujeito e portanto nenhum Estado deve julgar-se superior e ditar nomas”, acrescentou.

O relatório anual de direitos humanos publicado pelo Governo americano é mandatado pelo Congresso americano que o analisa para fins de ajuda ao estrangeiro.

Bento Bembe disse que Angola “tem legislação, tem leis que funcionam e aqueles que têm responsabilidade de aplicar as leis, de administrar a justiça estão a cumprir as suas responsabilidades”.

Para Bento Bembe as acusações especificadas no relatório “são discursos antigos e frequentes” que “não nos preocupam”.

Mostrar Comentários

XS
SM
MD
LG