Links de Acesso

Uíge: Oposição culpa Governo pela crise financeira


Governador pede soluções para a crise económica.

Dirigentes de partidos políticos da oposição no Uíge acusaram o Governo de ser responsável pela actual crise financeira no país, acusando-o de “dormir à sombra da bananeira” quando o preço do petróleo estava em alta.

Os partidos reagiram assim a um apelo recente do governador do Uíge, Paulo Pombolo, a especialistas e agentes económicos para que procurem uma solução para a crise económica na província.

“O que temos que fazer? Quais são as ideias que os nossos economistas têm?”, questionou o governador e primeiro secretario do MPLA no Uíge.

Em resposta, o secretário provincial da Unita Félix Simão Lucas acusou o Governo de ser o “principal mentor” da crise económica que o país atravessa.

De Simao Lucas, os efeitos da crise é o resultado do facto de "o Executivo não ter tomado algumas medidas para a diversificação da economia” no período em que o petróleo rendia no mercado mundial.

“O país tem vários recursos que não estão no controlo do Governo, mas numa dúzia de pessoas como são os casos do diamante, madeira e outros”, acrescentou.

Já o secretário provincial da Casa-CE José Rodrigues Banhiao exige que o Governo apresente publicamente as receitas do Fundo Soberano.

O Executivo, disse, “esteve a dormir à sombra da bananeira” quando o preço do petróleo estava em alta.

XS
SM
MD
LG