Links de Acesso

Angola cria comissão nacional para fazer face ao Ébola

  • Arão Ndipa

Luanda tida como particularmente vulnerável

O governo angolano criou uma comissão nacional de contingência para fazer face á ameaça da Ébola, o que reflecte a crescente preocupação sobre a possibilidade da epidemia se alastrar da Republica Democrática do Congo para território angolano.

E apesar de medidas de prevenção a serem tomadas em várias províncias fronteiriças entre o público cresce a opinião que a fronteira devia ser encerrada.

A província de Luanda é considerada uma das mais vulneráveis não só pela sua proximidade com a RDC mas também por se ponto de entrada através da capital de pessoas vindas de todas as partes do mundo.

A directora provincial de saúde Rosa Bessa garantiu que nos principais hospitais de Luanda e nas zonas fronteiriças da província estão a ser constituídas equipas técnicas para responderem a casos suspeitos da doença.

Bessa disse que em Angola não se registou ainda nenhum caso.

Ouça a reportagem com declarações de Rosa Bessa e outros membros do governo, incluindo o ministro da saúde José Van Dunem.

XS
SM
MD
LG