Links de Acesso

Angola: Crescimento não beneficia os mais necessitados, diz relatorio

  • Redacção VOA

Universidade Católica diz que Angola estagnou.

O último relatório do Centro de Estudo e Investigação Científica da Universidade Católica de Angola concluiu hoje que o país está longe de atingir as metas do desenvolvimento humano por causa da corrupção e da má distribuição do rendimento nacional.




O estudo conclui que Angola estagnou em termos de desenvolvimento económico e social contrariando as expectativas do governo nesta matéria. O relatório da Universidade Católica, foi apresentado durante uma concorrida conferência internacional que reuniu políticos, académicos e economistas estrangeiros e diplomatas.

O académico Alves da Rocha, coordenador do Centro do Centro de Investigação da Universidade Católica, precisou que as actuais estatísticas de Angola são muito baixas.

“O modelo de repartição de rendimentos em Angola não faz com que este rendimento chegue às pessoas mais necessitadas,” disse.

Alves da Rocha disse que para ultrapassar esta situação o governo deve aumentar os salários do trabalhadores, melhorar as prestações sociais para as famílias aumentar o emprego entre outras medidas.
XS
SM
MD
LG