Links de Acesso

Posição da igreja católica reforça denúncias de corrupção, diz oposição angolana

  • Arão Ndipa

Igreja da Nossa Senhora dos Remédios, Angola

Igreja da Nossa Senhora dos Remédios, Angola

Os bispos condenaram o suborno e outros géneros de corrupção como sendo males que afectam as instituições do país.

Alguns partidos políticos na oposição consideram que o alerta dos bispos de Angola e São Tomé, sobre a existência em Angola de uma tendência de se confundir as instituições públicas e partidárias é o reflexo da promiscuidade que assola o país.

Esta recomendação consta da mensagem pastoral aprovada pela assembleia anual dos bispos angolanos realizada recentemente.

Na ocasião os bispos relembraram que “o projecto Angola pertence a todos os seus filhos e que todos devem sentir-se parte desse projecto”.

Os bispos condenaram também o suborno e outros géneros de corrupção como sendo males que afectam as instituições do país.

Entretanto alguns partidos da oposição já reagiram aquelas declarações e consideraram que a posição da igreja católica vem confirmar as denúncias que os partidos políticos e a sociedade civil têm vindo a fazer.

Para nos falar sobre o assunto, ouvimos o vice presidente da CASA-CE, Manuel Fernandes e o porta-voz do PRS, Joaquim Nafoia.

Mostrar Comentários

XS
SM
MD
LG