Links de Acesso

Angola: Centros urbanos estão doentes

  • Arão Ndipa

Muitos dos novos prédios não obedecem às normas internacionalmente reconhecidas.

Angola está na iminência de ver as centralidades que estão a ser
construídas serem abandonadas no prazo de dez anos, porque vão ser
consideradas cidades doentes, a julgar pelo atropelo de normas no seu
processo de construção.

A conclusão é feita por ambientalistas que se mostram igualmente preocupados com a exposição em que se encontram muitos angolanos inocentes, face ao risco de saúde pública.

Para nos falar sobre o assunto, ouvimos o ambientalista Vladimir Russo e o
ecologista João Serôdio.

XS
SM
MD
LG