Links de Acesso

CASA-CE anuncia Congresso para Abril de 2013


Abel Chivukuvuku, da CASA-CE, no Soyo,

Abel Chivukuvuku, da CASA-CE, no Soyo,

A CASA-CE não quer perder tempo, começou já a trabalhar para os compromissos dos próximos cinco anos: Autárquicas em 2014 e eleições gerais em 2017

A CASA-CE não quer perder tempo, começou já a trabalhar para os compromissos dos próximos cinco anos: Autárquicas em 2014 e eleições gerais em 2017. De acordo com o vice-presidente da Coligação, Manuel Fernandes, a CASA desta vez vai entrar para ganhar:

“Queremos nas autárquicas ter um grande espaço, termos uma palavra a dizer e também nas eleições gerais podermos corresponder com o que traçámos que sem delongas é a vitória”

Vice-presidente da CASA-CE, Manuel Fernandes, hoje durante a conferência de imprensa de lançamento do primeiro Congresso da Coligação em Abril do próximo ano. Para isso, no sábado que vem arrancam as discussões em todo o território nacional, em conferências municipais:

“Dia 20, próximo sábado, começamos este exercício, a nível nacional”

A CASA-CE quer redimir-se dos resultados eleitorais de 31 de Agosto e desta vez mais activos:

“Precisamos agora consolidar politicamente a CASA, para nos próximos cinco anos podermos participar de forma mais activa e vencer os desafios que temos pela frente”, disse Manuel Fernandes.

O vice-presidente da CASA-CE reconhece que não será fácil, daí ser preciso começar já:

“Nos entendemos começar já, são 164 municípios em todo território, não 'e um exercício fácil, porque requer custos e tempo, por isso entendemos começar já, agora rumo às conferências provinciais em Janeiro próximo”

Manuel Fernandes um dos vice-presidentes da CASA-CE no lançamento do primeiro Congresso Extraordinário da coligação, agendado para Abril de 2013. A conferência de imprensa serviu também para lançar o concurso público, para a feitura da música que vai servir de hino da Convergência Ampla de Salvação de Angola.
XS
SM
MD
LG