Links de Acesso

Angola: Orçamento difícil de fiscalizar pelo cidadão comum

  • Venâncio Rodrigues

Kwanzas angolanos

Kwanzas angolanos

Fernando Pacheco disse que o Governo não informa a sociedade sobre como as dotações orçamentais são aplicadas.

O coordenador do Observatório Político e Social de Angola (OPSA), engenheiro Fernando Pacheco disse ser muito difícil fiscalizar o Orçamento Geral do Estado (OGE) por parte de organizações independentes porque o Governo não informa à sociedade a forma como as dotações orçamentais são aplicadas.

“O mais grave é que o Governo publica o Orçamento no “Diário da República” mas depois nunca sai o cumprimento”, disse.

O responsável cívico diz que o Governo devia também definir as prioridades e os critérios a utilizar na aplicação de fundos públicos.

Para mais pormenores escute a reportagem clicando na ligaçao abaixo.

XS
SM
MD
LG