Links de Acesso

Bandidos usam armas das forças de segurança de Angola

  • Redacção VOA

Polícia angolana admite que muitas armas encontradas nas mãos dos assaltantes são retiradas das unidades da corporação e das forças armadas.

O segundo comandante da Polícia para a Ordem Pública comissário Paulo de Almeida disse à Radio Luanda que muitas armas são roubadas nas empresas privadas de segurança física.

A constatação da Polícia é sustentada com o facto de muitas armas recuperadas dos meliantes serem muito novas e haver cada vez mais armas fora do controlo das autoridades de direito, ao mesmo tempo que aumentam os cartéis organizados de tráfico de drogas, assaltos a bancos e roubo de viaturas.

“Todos os dias nós recolhemos armas e há sinais para o aparecimento de algumas armas novas”, disse Almeida.

O comissário Paulo de Almeida fez estas revelações quando anunciava para esta quarta-feira a realização, em Luanda, de uma reunião da Comissão nacional para o Desarmamento da População civil.

Segundo Almeida, a preocupação do órgão que dirige continua a ser a de retirar das mãos dos civis o maior número de armas possível.
XS
SM
MD
LG