Links de Acesso

Angola atinge objectivo do milénio no combate à fome

  • Coque Mukuta

Angola - Combate à Fome

Angola - Combate à Fome

Especialista recomenda maior investimento na agricultura caso contrário o objectivo não será alcançado.

Angola e São Tomé e Príncipe estão entre os 11 países que vão alcançar os objectivos do milénio definidos pelas Nações Unidas até 2015 a nível da luta contra a fome.

A revelação foi feita em Addis Abeba pelo Director-Geral do Fundo das Nações Unidas para a Agricultura e Alimentação (FAO) Graziano da Silva, mas em Angola questionam-se as políticas agrárias executadas pelo Governo e o seu real impacto na vida das pessoas.


Segundo o Director-Geral do Fundo das Nações Unidas para a Agricultura e Alimentação (FAO), o brasileiro Graziano da Silva, esses países são Angola, São Tomé e Príncipe,Argélia, Benin, Camarões, Djibuti, Gana, Malawi, Níger, Nigéria e Togo.

“Isto mostra de novo que os africanos estão no bom caminho”, disse Silva, reiterando o objectivo de, em 2025, haver uma África com zero por cento de fome.

Entretanto, apesar destes números, em Angola, o economista António Pedro Gomes questiona as políticas agrárias que são colocadas em práticas pelo executivo angolano.

Aquele especialista sugere uma aposta maior do Governo na agricultura para melhor se alcançar o primeiro objectivo de Desenvolvimento do Milénio, que prevê a redução da fome para metade, já no próximo ano: "Se não haver maior investimento na agricultura todo o investimento neste sentido será inexistente para a nossa realidade", afirmou o enonomista

Mostrar Comentários

XS
SM
MD
LG