Links de Acesso

Angola: Artistas opõem-se à destruição de edifícios históricos

  • Pedro Dias

 Elinga Teatro

Elinga Teatro

Muito recentemente o Elinga Teatro foi desclassificado pela actual Ministra da Cultura Rosa Cruz e Silva.

Um grupo de cidadãos angolanos preocupados com as demolições de edifícios classificados para dar lugar a novos prédios, realizou um manifesto artístico cultural denominado “Não matem a Nossa História”.

O show musical com venda de livros bem como o lançamento da mais recente obra poética de Carlos Ferreira “Cassé”, teve lugar na baixa de Luanda, no Elinga Teatro. Um edifício marcado para ser demolido.

Artistas como Ikonoklasta, MCK, Aline Frazão, Kizua Gourgel, Mestre Kamosso do Hungu, Grupo Abada Capoeira, entre outros, levantaram as vozes de protesto contra a demolição do edifício construído no século XIX e considerado de Património Histórico em 1981, pelo então Secretário de Estado da Cultura Boaventura Cardoso.

Muito recentemente o Elinga foi desclassificado pela actual Ministra da Cultura Rosa Cruz e Silva.

No passado mês de Abril teve início a Campanha “Não Matem a Nossa História". Luaty Beirão dá voz ao protesto e diz que diante de tal desclassificação do Edifício onde funciona o Elinga Teatro, a Ministra da cultura devia demitir-se porque tal decisão significa um apagar do nosso passado histórico.
XS
SM
MD
LG