Links de Acesso

Governo de Angola criticado por discriminação contra vítimas da SIDA

  • Manuel José

Teste de SIDA

Teste de SIDA

A Associação Paz Justiça e Democracia (AJPD) que advoga assuntos de direitos humanos denuncia casos de estigma e descriminação de pessoas com VIH-SIDA. Godinho Cristóvão fala em instituições públicas angolanas que exigem teste de VIH-SIDA, como requisito, para se adquirir bolsas de estudo:

“Até instituições públicas exigem teste de VIH-SIDA, para vários assuntos, por exemplo, para bolsas de estudo é com muita tristeza que há pessoas que vão para fora do país e as instituições públicas ainda exigem teste de VIH-SIDA como um dos requisitos.”

Para os casos que dão positivo, as pessoas são automaticamente excluídas das oportunidades de estudo, diz o presidente da AJPD:

“Se tiver resultado positivo obviamente não lhe será passado o certificado de saúde para adquirir o visto, nós temos exemplos práticos aqui na AJPD, há colegas que foram pra fazer o mestrado e foi uma das exigências.”

Para além de empresas privadas e públicas, algumas representações diplomáticas angolanas no exterior do país também enveredam por estas práticas:

“Há Consulados e Embaixadas de Angola que também o fazem, é um dos requisitos, a nível de empresas públicas e privadas, nós vemos pessoas que são discriminadas por serem seropositivas, pessoas que lhes são exigidas testes de VIH-SIDA para terem acesso a emprego e o executivo que devia por mão nisso, olha sem fazer nada.”

Godinho Cristóvão, presidente da AJPD e os casos de estigmatização de pessoas com VIH-SIDA no país.

Mostrar Comentários

XS
SM
MD
LG