Links de Acesso

Angola: A longa espera da Rádio Eclésia

  • Redacção VOA

Igreja "preocupada" com falta de resposta do governo que dura há 10 anos

O presidente da Conferência Episcopal de Angola e São Tomé, CEAST, o bispo do Lubango Gabriel Mbilingui, avistou-se com o vice-presidente angolano Manuel Vicente para discutir a autorização para a Rádio Eclésia transmitir em todo o país.

È uma questão que se arrasta há dez anos e as declarações do Bispo Mbilingui indicaram que estes não estão satisfeitos do modo como o governo está a lidar com a questão.



Mbilingui disse que a questão “tem quase já 10 anos”.

“Nós não compreendemos porque isto se arrasta até agora, mesmo depois de termos concordado com um novo figurino (para a rádio),” disse.

O novo figurino foi acordado depois da igreja ter abandonado planos para ter uma rádio centralizada em Luanda a transmitir para todo o país, criando em vez disso várias rádios regionais.

“Já lá vão vários anos que andamos atrás deste novo figurino que resto é previsto pela Lei de Imprensa mas até agora não temos resposta,” disse.

“Estamos preocupados porque a cada assembleia os bispos nos perguntam como vai essa questão da rádio,” acrescentou.

O vice-presidente Manuel Vicente ficou de daruma resposta, disse o bispo.

Mostrar Comentários

XS
SM
MD
LG