Links de Acesso

Andreas Lubitz, alemão de 28 anos, era o co-piloto do Airbus 320

  • VOA Português

Andreas Lubitz - Foto do Facebook

Andreas Lubitz - Foto do Facebook

Procurador de Marselha diz que Lubitz provocou deliberadamente o acidente.

O co-piloto do Airbus 320, que se despenhou nos Alpes franceses terça-feira, 24, provocando a morte de 150 pessoas, é alemão, de 28 anos e natural de Montabaur, no distrito de Westerwaldkreis.

O Wall Street Journal diz tratar-se de Andreas Lubitz, que, segundo um membro de um clube de aviação a que pertencia, “era um jovem que se juntou ao clube com o desejo de voar”.

O procurador de Marselha confirmou hoje 26, que Andreas Lubitz recusou abrir a porta ao comandante que ficou trancado do lado fora, de forma deliberada.

Segundo Brice Robin, houve uma acção voluntária do co-piloto em fazer cair o avião da Germanwings.

As autoridades estão focadas em perceber o que terá levado o jovem a cometer tal acto suicida. “Ouve-se uma respiração normal. O comandante deve ter-se apercebido de algo e por isso, terá tentado voltar à cabine”, sendo que “está posta de parte a possibilidade de enfarte ou de ataque cardíaco”, assegura Robin.

As vítimas só se terão apercebido do que estava a acontecer a poucos momentos do embate fatal. “As gravações mostram que as vítimas só deram conta no último momento, pelo menos é o que se ouve”, concluiu o procurador de Marselha.

A mesma fonte adiantou não haver nenhuma informação de que Andreas Lubitz tenha ligações a grupos terroristas.

XS
SM
MD
LG