Links de Acesso

Amnistia Internacional discute Angola com governo português

  • Redacção VOA

Amnistia Internacional preocupada com prisioneiros das Lundas

Amnistia Internacional preocupada com prisioneiros das Lundas

A Amnistia Internacional pediu ao governo português para levantar junto de Angola a situação do jornalista Rafael Marques e outras violações de direitos humanos.

A directora da secção portuguesa da Amnistia Internacional, Teresa Pina, encontrou-se, quarta-feira, a uma representante do ministério dos negócios estrangeiros as preocupações da sua organização sobre os direitos humanos.

Pina fez notar que Angola tem compromissos internacionais através de tratados e acordos que a obrigam a respeitar os direitos humanos.

Interrogada sobre se Portugal irá levantar essas preocupações junto do governo angolano, Pina disse que o ministério português ouviu as preocupações da sua organização.

Ela recordou que Portugal iniciou este ano um mandato como membro da organização de direitos humanos das Nações Unidas e tem relações estreitas com Angola para poder levantar estas questões com o seu governo.

“Se não agora quando é que haverá uma palavra a dizer sobre a liberdade de expressão em Angola, numa altura em que Portugal detém mais do que nunca a posição mais importante no órgãos mais importante do direitos humanos em todo o mundo?”, questinou Pina.

Mostrar Comentários

XS
SM
MD
LG