Links de Acesso

América recorda vitimas dos ataques terroristas de 11 de Setembro de 2001

  • Redacção VOA

Presidente Obama, relembrando esta manhã no Pentágono as vitimas dos ataques terroristas

Presidente Obama, relembrando esta manhã no Pentágono as vitimas dos ataques terroristas

Assinala-se hoje o 15º aniversário dos ataques terroristas de 11 de Setembro de 2001, quando militantes da al Kaida se apoderaram de 4 aviões de passageiros.

Dois deles destruíram as torres gémeas do “World Trade Center” em Nova Iorque, um outro embateu no Pentágono, perto de Washington, e o quarto aparelho despenhou-se numa zona rural do estado da Pensilvânia.

O presidente americano, Barack Obama, observou esta manhã um momento de silêncio na Casa Branca precisamente às 8 horas e 46 minutos, o momento em que o primeiro avião chocou com uma das torres de Nova Iorque.

O presidente americano deslocou-se de seguida ao Pentágono, o quartel-general das forças armadas americanas, onde discursou numa cerimónia homenageando todos aqueles que perderam as suas vidas nos ataques terroristas.

“ Recordamos e nunca esqueceremos as cerca de 3 mil maravilhosas vidas que nos levaram tão cruelmente”, disse na ocasião o presidente Obama.

Acrescentou também que os terroristas “nunca serão capazes de derrotar um país tão grande e tão forte como a América”.

As vitimas dos ataques contra o “World Trade Center”, foram também recordadas em Nova Iorque. Os dois candidatos às eleições presidenciais de Novembro próximo, a democrata Hillary Clinton, e o republicano Donald Trump, prestaram as suas homenagens às vitimas no denominado “ground zero”, o local onde se encontravam as torres gémeas.

Clinton e Trump congelaram também, por um dia, todas as suas actividades relacionadas com a campanha eleitoral.

XS
SM
MD
LG