Links de Acesso

Alunos da Universidade Metodista de Angola não vão às aulas em protesto

  • Coque Mukuta

Instalações Universidade Metodista Angola Luanda

Instalações Universidade Metodista Angola Luanda

Eles exigem isenção de pagamento de propina durante o mês de Maio por não terem tido aulas.

Alunos da Universidade Metodista de Angola decidiram hoje, 9, não ir às aulas como forma de protesto pelo não pagamento da propina do mês de Maio. É que nesse mês não houve aulas devido à realização do Recenseamento Geral da População e Habitação.

João Quirimbo, estudante daquela universidade, disse à VOA que, em reunião, os estudantes decidiram voltar às aulas apenas após o pronunciamento da reitoria: “por enquanto, o que nós sabemos é que só vamos voltar quando a reitoria se pronunciar”.

Segundo Joao Quirimbo, o que mais os preocupa é o facto de não terem assistido a nenhuma aula durante o mês de Maio.

“Nós não assistimos aulas no período de 1 de Maio a 2 de Junho, isso é o que nos intriga, como é que vamos pagar algo que não consumimos?”, pergunta.

A VOA tentou o contacto com reitoria da Universidade Metodista, em Luanda, mas sem sucesso.
XS
SM
MD
LG