Links de Acesso

Aline Frazão apresentou o disco "Movimento" despido de pressão, mas de olhar crítico

  • Pedro Dias

Aline Frazão

Aline Frazão

Um disco com sentimento e que fala de sentimentos

A cantora angolana Aline Frazão realizou no recinto cultural Chá de Caxinde, em Luanda,nos dias 30, 31 de Maio e 1de Junho, três shows de apresentação da sua mais recente obra discográfica com o título “Movimento”.

A cantora levou os presentes a interpretarem temas do seu novo disco como As Paredes de Mayombe, Cacimbo, Desassossego, Tanto, Crónicas de um (des) encontro, Nossa Festa, Poema em Sol Poente, Lugar Vazio, A Cidade Que Eu Habito, Ronda, Kalemba e A Última Bossa.


"Movimento" apresenta-se como um disco com sentimento e que fala de sentimentos. A própria Aline apresenta-o como um trabalho introspectivo, que foi muito baseado na observação e no sentido crítico.

“Luanda esteve muito presente neste disco. No último ano, em que escrevi estas canções, viajei e passei muito tempo na capital”, revela Aline Frazão. “Movimento” é assim um disco despido de pressão, mas com olhar crítico ao mundo que nos rodeia.

O álbum, que teve a produção da própria artista, contou ainda com a participação dos músicos cabo-verdianos Miroca Paris (percussão) e Vaiss Dias (cavaquinho e guitarra).

Aline Frazão faz parte de uma nova geração de artistas angolanos que têm mostrado o seu talento, em Angola e fora de portas. E como a própria cantora defende “não é só na música, mas também no cinema e na dança”.

Nascida em Luanda, Aline Frazão conta já no mercado nacional com um álbum denominado “Clave Bantu”, lançado em 2011.
XS
SM
MD
LG