Links de Acesso

Aliança Patriótica Nacional rejeita acusações da Unita

  • Redacção VOA

Quintino Moreira acusa o partido do galo negro de intolerância política e propõe encontro para resolver diferenças.

O líder da Aliança Patriótica Nacional (APN) Quintino Moreira refutou nesta segunda-feira, 21, as declarações de dirigentes da Unita que o acusam de ter criado um partido com uma bandeira com cores semelhantes às do partido do galo negro.

Quintino Moreira disse à VOA que as acusações não têm razão de ser uma vez que as cores das duas bandeiras não têm nada em comum e que os eleitores da Unita têm maturidade suficiente para não confundir os dois estandartes partidários.

Moreira fez também notar que o símbolo do seu partido na bandeira é um imbondeiro e não um galo como na bandeira da Unita.

O líder da APN considera como sendo perigosas as acusações da Unita por, supostamente, configurarem actos de intolerância política.

Quintino Moreira disse que vai propor um encontro com dirigentes daquele partido para se esclarecer o imbróglio criado.

Na última semana, o secretário-geral do principal partido da oposição, Victorino Nhany, ameaçou impugnar junto do Tribunal Constitucional a legalização da bandeira da APN, alegadamente, por contem elementos identificativos semelhantes às do seu partido.

Mostrar Comentários

XS
SM
MD
LG