Links de Acesso

Agrava-se estado de saúde dos activistas detidos

  • Coque Mukuta

Activistas angolanos Jose Gomes Hata Hitler Jessy Chivonde Nelson Dibango Domingos da Cruz

Activistas angolanos Jose Gomes Hata Hitler Jessy Chivonde Nelson Dibango Domingos da Cruz

Activistas presos há dois meses apresentam problemas de saúde

Cinco dos 15 jovens acusados de planearem um golpe de estado encontram-se em estado crítico de saúde, em diversas cadeias de Luanda.

A Nito Alves, por exemplo, é-lhe negada assistência médica no hospital da cadeia de Calomboloca.

O activista Nicola Radical, detido na cadeia de Caquila, tem tumores na cabeça e não se alimenta há duas semanas. Nelson Dibango, Hitler Jessy Chivonde e Mbanza Hanza, que se encontram na cadeia de São Paulo, estão doentes e há quatro dias que não comem. Quem diz é Leonor João, mãe de Mbanza Hanza.

Fontes da Voz da América garantem ainda que Arante Kivuvu está com dores, enquanto Nito Alves sofre de fortes dores de cabeça e nos olhos, bem como febres internas. A denúncia é do pai Fernando Baptista.

Entretanto, Leonor João, mãe de Mbanza Hanza, apela as autoridades que libertem o seu filho e amigos.

De recordar que Leonor João integra o grupo das mães e familiares dos activistas que mantiveram o encontro com o vice-procurador-geral da República, General Hélder Pita Grós, há duas semanas. Segundo as mesmas fontes, o general terá prometido que os activistas seriam soltos em breve.

Amanhã uma delegação da Casa-CE, liderada pelo deputado, Leonel Gomes visitará as cadeias onde se encontram os 15 activistas, há exactamente dois meses.

XS
SM
MD
LG