Links de Acesso

Agentes da Polícia de Investigação Criminal de Moçambique detidos por venda de armas


Imagem de arquivo

Imagem de arquivo

Três agentes da Polícia de Investigação Criminal(PIC) foram detidos por suspeita de venda de 10 armas de fogo a alegados grupos criminosos na cidade de Maputo. Segundo o porta-voz da PRM na cidade de Maputo, o grupo "vendia as armas que eram apreendidas pela polícia em várias operações, desde raptos, roubos em residências, roubo de viaturas e roubo de estabelecimentos comerciais".

O líder do grupo tem 56 anos e está afecto à PIC há 36, onde era chefe da secção criminal do Laboratório de Balística da corporação. Com ele foram detidos mais três homens, dois dos quais membros da polícia moçambicana.

Além deste crime, o grupo é também suspeito de envolvimento em roubos de viaturas na capital moçambicana.

XS
SM
MD
LG