Links de Acesso

Agência de Notícias de Cabo Verde de olho na diáspora

  • Eugénio Teixeira

Sede da Inforpress, Agência de Notícias de Cabo Verde

Sede da Inforpress, Agência de Notícias de Cabo Verde

Governo cumpriu uma das promessas eleitorais e separa agência de notícias da empresa de rádio e televisão.

O novo Governo de Cabo Verde cumpriu uma das suas principais promessas feitas pelo primeiro-ministro Ulisses Correia e Silva durante a campanha eleitoral: separar a agência de notícias Inforpress da RTC, que engloba a rádio e a televisão.

O jornalista Carlos Santos, um dos defensores dessa separação, foi escolhido pelo Governo como novo gestor da Inforpress e defende o reforço a agência, embora haja vozes que advogam pela ineficiência da mesma num país pequeno e com um reduzido mercado.

Carlos Santos, gestor da Inforpress

Carlos Santos, gestor da Inforpress

Santos reconhece que terá um árduo trabalho para reorganizar e projectar a agência de notícias, tarefa que espera contar com o apoio do Executivo, principalmente para a realização dos necessários investimentos e dos trabalhadores.

A aposta nos recursos humanos constitui outra prioridade do novo Gestor da Inforpress, que pretende alargar o leque de correspondentes para a cobertura em todos os conselhos do arquipélago.

Sendo Cabo Verde um país formado por comunidades emigradas em várias partes do mundo, Carlos Santos destaca a necessidade da agência ter representantes em alguns países que acolhem cabo-verdianos.

“Devemos trazer igualmente o pulsar dos nossos conterrâneos na diáspora, questões ligadas a politica, cultura, desporto e social, já que temos uma emigração riquíssima”, realça Santos.

XS
SM
MD
LG