Links de Acesso

50 milhões de crianças africanas vão ser vacinadas contra a meningite

  • Joe DeCapua

Adolescente a receber uma vacina de imunização contra a meningite (Arquivo)

Adolescente a receber uma vacina de imunização contra a meningite (Arquivo)

Sete países serão abrangidos pela acção desenvolvida pela GAVI Alliance com apoios da OMS, UNICEF e de outras organizações e programas de combate a doença

Nos próximos três meses cerca de 50 milhões de crianças e adolescentes em 7 países de África vão ser vacionados contra meningites. Trata-se de uma grande campanha para a erradicação da doença em 26 países de alto-risco.

A meningite é uma doença marcada pela inflamação das membranas que protegem o encéfalo e a medula espinhal, com sintomas semelhantes a gripe ou resfriados. É causada normalmente por uma bactéria ou um vírus e pode ser fatal no imediato. Os seus sintomas incluem ainda febres altas, vómito, dores de cabeça, dureza no pescoço, manchas vermelhas na pele, irritação e muita sensibilidade a luz, e moleza.

Os que resistirem a doença ficam com sequelas cerebrais e dificuldades de aprendizagem.

Dan Thomas trabalha para GAVI Alliance, uma organização de parceria publico-privado destinada a melhorar as condições de saúde em países pobres.

“A Meningite é realmente devastadora para esses países. É muito imprevisível. Aparece dos 7 aos 14 anos. E quando afecta um país causa grandes problemas. Para começar, muitas pessoas entram em pânico por causa da doença, têm medo de morrer e das suas complicações – e portanto as pessoas começam a evitar multidões ou a estar em grandes grupos. O que siginifca que as crianças não vão as escolas, ou mesmo adultos que na realidade deixam de ir ao trabalho.”

África é conhecida por ter uma “cintura de meningite” que vai do Senegal na margem ocidental à Etiópia no leste. A primeira fase de imunização começou no Burquina Faso em 2010. Cerca de 12 milhões de pessoas foram vacinadas. Responsáveis de saúde disseram que desde então nenhum caso de doença foi registado naquele país.
Os países actualmente alvos da campanha de imunização – que vai de Outrubro a Dezembro – são o Benin, Camarões, Chade, Gana, Nigéria, Senegal e Sudão.
Dan Thomas adianta que as vacinas destinam-se a proteger da meningite virais e serão aplicadas aos recém-nascidos, crianças, adolescentes e jovens.

“É uma vacina chamada de MenAfricVac. É contra a meningite A, que afecta actualmente esses países por essa altura do ano antes do início da época das chuvas, e prevê imunizar mais de 430 milhões de pessoas, que de uma forma ou outra correm o risco de contaminação e morte.”

Dan Thomas sublinha que a vacina custa apenas meio dólar ou seja cinquenta centimos do dólar por cada dose e é acessível para a sua organização que prevê disponibiliza-la para mais de 400 milhões de pessoas.

A campanha de vacinação está a ser desenvolvida pela GAVI Alliance em parcerias com a Organização Mundial da Saúde, UNICEF, o Serum Institute da India e o Projecto Vacina Meningites.
XS
SM
MD
LG