Links de Acesso

Moçambicanos na África do Sul em dificuldades mas não querem regressar

  • Simião Pongoane

Os restos mortais da emigrante moçambicana Maria Ubisse que morreu num acidente de viação que matou duas moçambicanas e feriu uma há cerca de duas semanas no vila de Boksburg em Joanesburgo já estão a caminho de Moçambique.

Os corpos das outras duas moçambicanas já foram semana passada a Gaza e Inhambane.

A família de Maria Ubisse está ainda à procura de dinheiro para pagar o transporte da urna.

Familiares, amigos e vizinhos contribuíram dinheiro para ajudarem o jovem viúvo desempregado.

A maior parte dos jovens moçambicanos emigrantes em Boksburg não têm emprego formal, mas não querem regressar a casa.

A vida em Boksburg e muito complicada.

Os jovens emigrantes vivem num bairro sem água canalizada nem energia electrica.

O Governo sul-africano está pressionado pela crise económica, com mais de oito milhões de jovens no desemprego.

Em Moçambique, a vida é difícil também, mas os moçambicanos que estão na África do Sul, apesar das dificuldades, não pretendem regressar.

Acompanhe a reportagem:

XS
SM
MD
LG