Links de Acesso

África do Sul, entre a crise económica e a inexistente política migratória na região

  • Alvaro Ludgero Andrade

Historiador moçambicano Egídio Vaz analisa a situação actual e suas implicações.

A África do Sul tem vivido semanas de muita violência, com milhares de imigrantes de países vizinhos, como Moçambique, Zimbabué e Malawi, entre outros, a abandonar o país para fugir à fúria dos sul-africanos. Nesse período foram registadas várias mortes.

Para alguns analistas, foi uma onda de violência xenófoba, no país que lutou contra a discriminação do apartheid.

O escritor moçambicano Mia Couto chegou até a escrever ao Presidente sul-africano Jacob Zuma uma carta na qual lembrou-lhe que ele mesmo, Zuma, foi muito bem acolhido em Maputo quando esteve exilado.

Para outros, esta onda de violência decorre da grave crise política por que passa a África do Sul, em que os seus cidadãos têm de têm de dividir os poucos empregos existentes

Nesta edição de Agenda Africana, da VOA, o historiador moçambicano Egídio Vaz, analisa a situação na África do Sul e suas implicações internas e externas, com especial enfoque na política migratória na África Austral.

Acompanhe a Agenda Africana:

XS
SM
MD
LG