Links de Acesso

Afonso Dhlakama propõe transformar províncias em autarquias

  • Redacção VOA

Afonso Dhlakama e Filipe Nyusi

Afonso Dhlakama e Filipe Nyusi

Filipe Nyusi reitera que vai respeitar a Constituição.

O presidente da Renamo Afonso Dhlakama anunciou nesta quinta-feira, 28, que o acordo que pretende assinar com o Chefe de Estado Filipe Nyusi será mais abrangente do que a proposta de criação das autarquias provinciais, que se aplicava apenas onde a Renamo foi mais votado em Outubro de 2014.

A proposta de Dhlakama agora é que todas as províncias se transformem em autarquias.

"Vou propor ao Nyusi e à Frelimo que vamos legislar em 15 dias para que todas as províncias de moçambique recebam a categoria de autarquias", afirmou Dhlakama em conferência de imprensa na cidade de Nampula.

O líder do principal partido da oposição adiantou que a nova iniciativa pretende evitar acusações de que pretende dividir o país nas seis províncias do centro e norte do país, onde Renamo foi o partido mais votado nas eleições gerais do ano passado.

"Todo o povo está à espera de um acordo e não quero esconder que vai haver um acordo", disse Dhlakama, que espera que dentrro de dois ou três meses a Renamo vai assumir as províncias onde ganhou e que as restantes elegerão os seus governantes nas eleições gerais de 2019.

Entretanto, ontem, o Presidente moçambicano Filipe Nyusi reiterou na Costa de Marfim que não irá afastar-se da Constituição e que a paz deverá ser preservada no âmbito da legislação existente.

Nyusi não confirmou ainda qualquer encontro para breve com Dhlakama.

Mostrar Comentários

XS
SM
MD
LG