Links de Acesso

Advogado David Mendes foi ameaçado de morte no Huambo

  • Redacção VOA

David Mendes

David Mendes

Ameaças foram reveladas em tribunal no julgamento de Julino Kalupeteka

O advogado David Mendes revelou em pleno tribunal no Huambo que foi alvo de ameaças à sua vida o que na semana anterior o tinha forçado a deixar aquela cidade.

Mendes falava Sexta -feira em tribunal nas declarações finais do dirigente religioso Julino Kalupeteka que juntamente com nove dos seus seguidores é acusado de homicídio qualificado de nove polícias a 16 de Abril de 2015, desobediência à ordem e posse ilegal de armas.

Durante as declarações finais David Mendes disse que mesmo antes do julgamento começar “um oficial da investigação criminal” tinha-lhe dito para “ter cuidado”.

“A minha resposta foi de que estou comprometido com o país e não com pessoas”, disse o advogado ao tribunal.

David Mendes disse depois que na Sexta-feira anterior (5 de Fevereiro) os advogados de defesa tiveram que “ir embora porque fomos ameaçados aqui no Huambo”, não podendo nesse dia comparecer no tribunal.

“Que estado é este meritíssimo juiz que os advogados por assumirem a defesa de um cidadão correm risco de vida,?,interrogou Mendes

“Que estado é este?”, frisou.

Nas alegações finais do julgamento o procurador franciso Henriques disse que Kalupeteka e os seus seguidores tinham desobedecido á lei e tinham preparado machados facas e mocas para atcaar os inimigos da seita.

O advogado David Mendes fez notar que os agentes da polícia tinham chegado ao acampamento no monte Sume sem mandado de captura e encapuçados sem qualquer forma de identificação.

David Mendes disse ainda que tinha havido uma clara intensão de se esconder o que na verdade se passou na verdade no Monte sume

O julgamento continua na segunda-feira com os quesitos finais.

Mostrar Comentários

XS
SM
MD
LG