Links de Acesso

Administrador demitido no Lobito não reaje, governador justifica demissão

  • João Marcos

Issac dos Anjos

Issac dos Anjos

Isaac dos Anjos diz que administrador não soube lidar com grandes empresas.

O ex-administrador do Lobito Amaro Ricardo prefere não tecer comentários em relação às causas apontadas pelo governador de Benguela para a sua exoneração, ainda que confrontado com um gesto pouco comum.Ricardo agarra-se ao factor disciplina para justificar o silêncio, ao passo que Isaac dos Anjos junta outras razões às já mencionadas consequências das enxurradas de Março.A cerimónia de entrega de pastas ocorreu esta manhã no palácio rosa da Restinga.

Cinco dias depois, o antigo administrador do Lobito diz não ter ouvido Isaac dos Anjos justificar a sua exoneração com as consequências das chuvas.
Ainda que tivesse conhecimento, não emitia qualquer declaração, uma vez que os seus princípios disciplinares assim determinam.

Amaro Ricardo prefere valorizar o trabalho que realizou ao longo de 10 anos à frente dos destinos do município.

“A missão está cumprida, por isso saio satisfeito e deixo uma das melhores cidades de Angola”, diz o antigo administrador.

Enquanto Amaro Ricardo não comenta, o governador de Benguela volta a falar do que falhou.

Anjos afirma, categoricamente, que o administrador cessante não soube conviver com as grandes empresas.

“A cidade tem empresas grandes e essa foi uma das grandes dificuldades do Dr. Amaro, porque falo de empresas que estão protegidas por decreto, para que não sejam molestadas pelo administrador e, assim, é difícil um administrador contar com o apoio destas empresas”, defende o governador.
Ao novo administrador, Isaac dos Anjos faz questão de enviar alguns recados, mas não deixa de encorajá-lo.

“É uma missão em que o nosso patrão nos faz pensar que nós é que somos o patrão e, ao fim do dia, faz perceber que, afinal, éramos apenas um empregado”, disse Anjos, concluindo: “Tenha cuidado, porque podemos, no fundo, ser parte da cadeia mais fraca, mas até o dia do despacho da sua exoneração, você é o chefe”.

Em resposta, Alberto Ngongo promete não defraudar as expectativas.
Jone de Carvalho e Maria Calesso, para as esferas Técnica e Económica, são os administradores adjuntos do município do Lobito.

Mostrar Comentários

XS
SM
MD
LG