Links de Acesso

Activistas prometem manifestar com três mil pessoas em Cabinda

  • Manuel José

Cabinda

Cabinda

Protestos podem acontecer 11 de Novembro.

O grupo de activistas dos Direitos Humanos de Cabinda escreveu uma carta ao Governo provincial com cópia para os comandos da polícia e das FAA e os Serviços de Inteligência e Segurança do Estado, a solicitar esclarecimentos sobre as razões de impedimentos de reuniões e manifestações na província.

Caso não haja uma resposta nos próximos dias, os activistas prometem sair às ruas para protestar, com cerca de três mil pessoas, no dia 11 de Novembro.

“Queremos um esclarecimento sobre as atrocidades que têm acontecido sempre que tentamos reunir, manifestar, ou realizar uma conferência, encontro com jovens, sempre há repressão, impedimento, ameaça”, revelou José Neves, porta-voz dos activistas dos direitos humanos de Cabinda.

“Vamos manifestar no dia 11 de Novembro da mesma forma que o Governo vai festejar a independência, nós também vamos exigir a nossa independência", prometeu Neves.

Mostrar Comentários

XS
SM
MD
LG